Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > O que é Extensão?
Início do conteúdo da página

Extensão Universitária

Escrito por Diego Charles da S. Basilio | Publicado: Sexta, 24 de Setembro de 2021, 03h28 | Última atualização em Terça, 27 de Dezembro de 2022, 01h14 | Acessos: 19658

AVISO LEGAL: Esta página tem como objetivos servir como ponto de partida para aqueles que pretendem ingressar na Extensão Universitária. Esta página não substitui o disposto em normas e editais da UFCG, consulte os documentos oficiais indicados no texto.

Extensão Universitária como atividade acadêmica foi reconhecida no final da década de 1980 com a sua inclusão na Constituição Federal e a organização do Fórum de Pró-Reitores de Extensão, sua conceituação foi definida no I Encontro Nacional de Pró-Reitores de Extensão. A partir de um debate amplo e aberto, desenvolvido nos XXVII e XXVIII Encontros Nacionais, realizados em 2009 e 2010, respectivamente, o FORPROEX apresenta às Universidades Públicas e à sociedade o conceito de Extensão Universitária:

A Extensão Universitária, sob o princípio constitucional da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, é um processo interdisciplinar, educativo, cultural, científico e político que promove a interação transformadora entre Universidade e outros setores da sociedade.

Atividades de Extensão

A Universidade Federal de Campina Grande em sua Resolução 02/2022 da Câmara Superior de Pesquisa e Extensão define as seguintes ações como Atividades de Extensão

Resolução 02/2022 da CSPE - Regulamenta as Atividades de Extensão da Universidade Federal de Campina Grande.

Cartilha de Curricularização da Extensão na UFCG - Demonstra, de forma didática e ilustrativa, possibilidades de inclusão das Atividades de Extensão nos cursos de graduação da UFCG.

Editais - Chamadas de Fluxo Contínuo e Programas de Apoio as Atividades de Extensão na UFCG.

  1. Programas: um conjunto de ações extensionistas interligadas, contemplando, no mínimo, três projetos integrados com características interdisciplinares, que promovam as ações de Extensão, Pesquisa e Ensino, desenvolvidas, prioritariamente, com a comunidade externa;
  2. Projeto: ação processual e contínua de caráter educativo, social, cultural, científico ou tecnológico, com objetivo específico e prazo determinado e que representa um conjunto de ações de interesse e de necessidade da sociedade, ampliando a relação e a troca de saberes desta com a Universidade;
  3. Cursos: conjunto articulado de ações pedagógicas, com carga horária igual ou superior a 20 horas, de caráter teórico e/ou prático, presencial e/ou a distância, planejados e organizados de maneira sistemática, com corpo de: ministrantes, monitores e/ou facilitadores, carga horária e processo de avaliação definidos.
  4. Oficinas: conjunto articulado de ações pedagógicas, com carga horária igual ou superior a 04 (quatro) horas e inferior a 20 horas, de caráter teórico e/ou prático, na modalidade presencial, planejados e organizados de maneira sistemática.
  5. Eventos: consiste em uma ação pedagógica, de curta duração, de caráter teórico e/ou prático, planejada e organizada de modo sistemático, que implica na apresentação e/ou exibição pública, livre ou com clientela específica, que objetivem gerar, desenvolver, ampliar e divulgar conhecimentos produzidos ou reconhecidos, ou produto cultural, artístico, esportivo, científico e tecnológico desenvolvido, conservado ou reconhecido pela Universidade, cujo interesse esteja voltado para a comunidade externa, bem como para a comunidade acadêmica;
  6. Prestação de Serviços: atividade que promove socialização dos conhecimentos gerados pela Universidade para setores privados - mediante contrato de prestação de serviços específicos firmados por ambas as partes -  ou públicos, prioritariamente externos, com o objetivo de promover o desenvolvimento socioeconômico, científico e tecnológico, podendo ser realizada sob a forma de:
    • assessoria: avaliação de caráter opinativo com emissão de parecer ou informação técnica sobre projeto(s), em andamento ou concluído(s);
    • consultoria: elaboração ou proposta de execução de projeto(s); 
    • assistência: atendimento, individual ou coletivo, as pessoas ou animais;
    • serviço técnico especializado: atividades de organização, planejamento, execução, desenvolvimento técnico ou tecnológico, transferência tecnológica, análises laboratoriais ou outros serviços especializados utilizando a infraestrutura da Universidade.

Áreas Temáticas

Para consecução de sua missão fundamental, a de dar respostas às necessidades da sociedade, optou-se por sistematizar as atividades de extensão das Instituições de Ensino Superior Públicas de acordo com as seguintes áreas temáticas:

  1. Comunicação;
  2. Cultura;
  3. Direitos Humanos e Justiça;
  4. Educação;
  5. Meio Ambiente;
  6. Saúde;
  7. Tecnologia e Produção;
  8. Trabalho.

Linhas de Extensão

A denominação Linha de Extensão substituiu, a partir de 2006, a denominação anterior Linha Programática; tem especial importância para a nucleação das ações de extensão – ou seja, a construção de programas. As linhas de extensão não são, necessariamente, ligadas a uma área temática, em especial. Por exemplo, ações relativas à linha de extensão “Inovação Tecnológica” podem ser registradas na área temática Saúde, ou Educação, ou Trabalho, ou mesmo Tecnologia, dependendo do tema em questão.

  1. Alfabetização, Leitura e Escrita
  2. Artes Cênicas
  3. Artes Integradas
  4. Artes Plásticas
  5. Artes Visuais
  6. Comunicação Estratégica
  7. Desenvolvimento de Produtos
  8. Desenvolvimento Regional
  9. Desenvolvimento Rural e Questão Agrária
  10. Desenvolvimento Tecnológico
  11. Desenvolvimento Urbano
  12. Direitos Individuais e Coletivos
  13. Educação Profissional
  14. Empreendedorismo
  15. Emprego e Renda
  16. Endemias e Epidemias
  17. Divulgação Científica e Tecnológica
  18. Esporte e Lazer
  19. Estilismo
  20. Fármacos e Medicamentos
  21. Formação de Professores
  22. Gestão do Trabalho
  23. Gestão Informacional
  24. Gestão Institucional
  25. Gestão Pública
  26. Grupos Sociais Vulneráveis
  27. Infância e Adolescência
  28. Inovação Tecnológica
  29. Jornalismo
  30. Jovens e Adultos
  31. Línguas Estrangeiras
  32. Metodologias e Estratégias de Ensino/Aprendizagem
  33. Mídiaartes
  34. Mídias
  35. Música
  36. Organizações da Sociedade e Movimentos Sociais e Populares
  37. Patrimônio Cultural, Histórico e Natural
  38. Pessoas com Deficiências, Incapacidades e Necessidades Especiais
  39. Propriedade Intelectual e Patente
  40. Questões Ambientais
  41. Recursos Hídricos
  42. Resíduos Sólidos
  43. Saúde Animal
  44. Saúde da Família
  45. Saúde e Proteção no Trabalho
  46. Saúde Humana
  47. Segurança Alimentar e Nutricional
  48. Segurança Pública e Defesa Social
  49. Tecnologia da Informação
  50. Terceira Idade
  51. Turismo
  52. Uso de Drogas e Dependência Química
  53. Desenvolvimento Humano

Para maiores informações sobre a caracterização das ações de extensão consulte a Organização e Sistematização - base operacional, Plano Nacional de Extensão Universitária, e Avaliação da Extensão Universitária disponíveis no site da Rede Nacional de Extensão - RENEX..

 

 

Fim do conteúdo da página