Essa pagina depende do javascript para abrir, favor habilitar o javascript do seu browser!
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Ações e Programas > PEASA - Programa de Estudos e Ações para o Semiárido > VI Expedição do Semiárido > VI Expedição do Semiárido visita Pico do Jabre, ponto mais alto da Paraíba
Início do conteúdo da página

VI Expedição do Semiárido visita Pico do Jabre, ponto mais alto da Paraíba

Publicado: Sexta, 15 de Julho de 2022, 15h21 | Última atualização em Quarta, 20 de Julho de 2022, 21h14 | Acessos: 457
O pico está localizado no município de Matureia-PB.
Foto: Camila Gurjão
imagem sem descrição.

Na manhã do dia 13 de julho, quarto dia da VI Expedição do Semiárido, o grupo de expedicionários realizou a subida ao Pico do Jabre, ponto mais alto da Paraíba, que possui 1.197 metros de altitude e está localizado no município de Matureia. Na oportunidade, foi realizada uma aula de campo, abordando aspectos climáticos, de vegetação e relevo da região.

O grupo ainda fez a última parada do dia na casa das louceiras de Matureia, onde são produzidas peças de barro. O diferencial do trabalho está no acabamento dos utensílios, que recebem polimento manual.

IV Expedição do Semiárido

A sexta edição do Prêmio Expedição do Semiárido é fruto de uma parceria entre a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), através do Programa de Estudos e Ações para o Semiárido (PEASA), Museu Interativo do Semiárido (MISA) e a Pró-Reitoria de Pesquisa e Extensão da UFCG, o Instituto Nacional do Semiárido (INSA/MCTI), a Fundação Parque Tecnológico da Paraíba (PaqTcPB), o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e o Instituto Lynaldo Cavalcanti.

A Expedição tem como objetivo estimular a experiência de contato e troca de conhecimentos sobre aspectos ambientais, sociais, antropológicos, históricos, econômicos e culturais em diferentes municípios da região do Semiárido.

Próximo destino

A expedição agora segue para as cidades de Triunfo (PE) e Itacuruba (PE).

(Texto por Renally Amorim - INSA/MCTI)

Fim do conteúdo da página